O conteúdo deste site não se destina a ser um substituto para aconselhamento médico profissional, diagnóstico ou tratamento.

Nosso conteúdo serve para seu conhecimento e informação. Em caso de dúvida, procure sempre um médico para orientação.
 

  • Facebook
  • Twitter
  • YouTube
  • Pinterest
  • Instagram
f7afb2e656d376975aeaf25bb615335c03531317

Bomba de Insulina: Tudo o que você precisa saber!



Modelo da minha Bomba de Insulina: Medtronic 640G

O que é

A Bomba de Insulina é uma terapia de insulina usada por diabéticos tipo 1 para substituir as múltiplas injeções de insulina por dia. É usado um cateter indolor conectado ao corpo e o dispositivo injeta insulina automaticamente por hora de acordo com as doses prescritas pelo endocrinologista.

Quem pode usar

Qualquer um com diabetes tipo 1 pode usar, desde que tenha disciplina. A Bomba de Insulina não é um tratamento milagroso. Precisa de responsabilidade e disciplina nas medições e correções para que o tratamento funcione. Não existe idade mínima nem máxima. Conheço pacientes que começaram a terapia com 1 mês de vida (juro! Se duvidar, fala comigo que te mostro foto do baby. É a coisa mais fofa!) e vovós de 80 anos usando (e amando!). Basta o seu médico aprovar e indicar a terapia.

Benefícios

A Bomba de Insulina é famosa por ajudar na estabilidade glicêmica, uma vez que as doses durante o dia podem ser ajustadas de acordo com a rotina do paciente. Como a administração basal é horária, ela pode ser alterada em diferentes momentos do dia, fazendo com que a glicemia se estabilize.

Há também o benefício da contagem de carboidratos. Além do basal ajustável, a bomba de insulina funciona da seguinte forma com a alimentação: sempre que comemos algo, devemos informar na bomba a quantidade de carboidratos que estamos consumindo. Por que? Porque dentro dela já está pré-programado pelo médico o quanto de insulina devemos tomar para aquela quantidade de carboidratos. Então ela faz a conta mais difícil pra gente, nós só precisamos somar os carboidratos das refeições e avisá-la. Fácil, né?

Basal temporário: Em casos isolados, a nossa glicemia pode se alterar sem a nossa culpa: TPM, estresse contínuo, exercício intenso, gripe ou inflamação. E nesses momentos precisamos mudar as nossas doses de insulina para evitarmos a hiper ou hipoglicemia. Na bomba existe uma programação chamada basal temporário, que é quando aumentamos ou diminuímos a quantidade de basal em uma certa porcentagem por um certo período de tempo, afim de ajudar no controle da glicose.

Bolus quadrado: O bolus quadrado administra uma quantidade nivelada de insulina por um período que pode variar de 30 minutos a 8 horas. Esta opção pode ser utilizada ao fazer uma refeição por um período prolongado (ex: festas) ou em caso de digestão lenta. O usuário estabelece a dose total e escolhe por quanto tempo irá receber a dose.

Bolus duplo. Parecido com o bolus quadrado, no bolus duplo o usuário divide a dose em 2x e escolhe a porcentagem da dose que receberá na hora e o restante que receberá aos poucos até o segundo momento. Ele irá escolher por quanto tempo a segunda dose será administrada. É ideal para alimentos muito gordurosos como pizza e pipoca.


Exemplo de bolus duplo na Bomba de Insulina Medtronic Veo

Indicação

A bomba é indicada para pacientes que tenham disciplina, que preferencialmente mas não essencialmente estão acostumados com contagem de carboidratos, estão com um difícil controle e/ou possuem hipoglicemias constantemente.

O que tem no Brasil

No Brasil existem duas empresas que fabricam Bomba de Insulina: Medtronic e Roche

Diferencial Medtronic: Sensor CGM

A Bomba de Insulina da marca Medtronic tem um diferencial que é o sensor de monitorização contínua de glicose que mede a glicemia de 5 em 5 minutos e envia as informações através de um transmissor chamado Minilink para a bomba de insulina de forma automática. A bomba de insulina, que já está programada com valores limites de hiper e hipoglicemia, avisa ao usuário toda vez que receber um valor fora da meta e consegue também prever hipo ou hiperglicemias, diminuindo a frequência das mesmas no controle da glicose. O modelo Veo tem o sistema de suspensão automática de envio de insulina caso a glicose chegue a níveis críticos. O usuário, junto com o seu médico, estabelece esse nível crítico.

Em maio de 2017 foi lançado o Sistema 640G no Brasil e tem um diferencial que é o SmartGuard, um algoritmo que prevê a hipoglicemia e suspende a infusão de insulina até que o paciente saia do risco de hipoglicemia. Além disso, este modelo é à prova d'água.

Diferencial Roche

A Bomba de Insulina da marca Roche tem um diferencial que é o Smart Control. É um glicosímetro que funciona como controle remoto da bomba Spirit Combo. Eles se comunicam através de bluetooth, fazendo com que o usuário possa mexer na bomba sem precisar tocá-la. Sempre que medir a glicose, insere-se no controle a quantidade de carboidratos da refeição e apertar OK. Pronto, a bomba já estará aplicando insulina sem nem mesmo ter saído do seu bolso. Além de aplicar insulina, o controle permite que o usuário escolha o perfil de basal (pode deixar pré programado alguns perfis como: TPM, exercícios, etc).

Performa Combo com o Bluetooth ligado: O controle vira a tela da Bomba de Insulina

Posso testar antes?

Sim! Ambas as marcas oferecem um sistema de teste por 30 dias para o paciente experimentar se vai se adaptar com a Bomba de Insulina antes de testar. A Roche oferece 2 tipos de teste, pago e gratuito. O pago custa em média R$600,00 no qual você tem direito a ganhar permanentemente o Smart Control (glicosímetro) e recebe tiras para o período de teste.e você pode agendar no telefone: 0800 7720 126 O teste para a Bomba Medtronic é gratuito e você pode agendar no telefone: 0800 7739 200

Como conseguir no Brasil

Pagando:

O preço de uma bomba de insulina varia entre R$14.000,00 e R$20.000,00 e os insumos por mês custam em média R$900,00 (sem contar os sensores no caso da Medtronic) e em média R$2.800,00 com os sensores. Para comprar, basta ligar nos telefone e falar com um representante.

De forma judicial contra o Estado, Município ou Plano de Saúde: O passo a passo você encontra aqui!

O que tem lá fora

Fora do Brasil existe várias Bombas de Insulina de marcas bem legais, separei algumas para vocês (os links estão em inglês):

Tandem (US)

Omni Pod (US / UK / Canada)

Minimed 670G (US)

Animas Vibe (US / UK / Europe)

Accu-Chek Insight Insulin Pump System (UK)

Pra quem entende inglês e quer saber mais ainda sobre elas, clique aqui

Momento merchan: Decorando a sua Bomba de Insulina

Na minha loja virtual, eu vendo adesivos decorativos para os modelos de Bomba de Insulina que existem no Brasil. Dá uma olhadinha que coisa mais fofa:

Leia outros links:

Diabetes Forecast Beyond Type 1

#controledodiabetes #hemoglobinaglicosilada #hemoglobinaglicada #diabetestipo1 #diabetes #diabetescontrolado #bombadeinsulina #medtronic #contagemdecarboidratos #insulina

12,097 visualizações

Bia é Relações Públicas, estuda Biomedicina e convive com diabetes tipo 1 desde os 6 anos. Em 2015, criou o Biabética para incentivar pessoas com diabetes a verem a vida doce de forma mais leve e positiva.

Melhor blogue de diabetes tipo 1 2019
Cópia_de_Purple_Tint_Kids'_Fashion_Advic
WhatsApp Image 2020-02-13 at 16.09.08.jp
winsocial_980x120_v02_bia (1).jpg

Quer receber novidades da Biabética?