O conteúdo deste site não se destina a ser um substituto para aconselhamento médico profissional, diagnóstico ou tratamento.

Nosso conteúdo serve para seu conhecimento e informação. Em caso de dúvida, procure sempre um médico para orientação.
 

  • Facebook
  • Twitter
  • YouTube
  • Pinterest
  • Instagram
f7afb2e656d376975aeaf25bb615335c03531317

15 dúvidas mais comuns sobre Contagem de CHO

Atualizado: 11 de Jul de 2019



#DicaDaBiabética: Se quiser aprender sobre Contagem de Carboidratos, recomendo este curso da nutricionista Noelly Dantas👩🏻‍: https://go.hotmart.com/E14865545R


Meu pai me deu um livro muito interessante esses dias. Chama-se ''Contagem de carboidratos e monitorização. 101 respostas''. Estudei esse livro pra poder dar o melhor conteúdo a vocês e resolvi fazer um post respondendo as perguntas que mais recebo na página. Para responder essas perguntas com informação de qualidade, me basearei pelas perguntas e respostas do livro. Citarei algumas para vocês:

1) ''Quais são os objetivos da Contagem de Carboidratos?''

''Atingir o melhor controle metabólico; Proporcionar uma alimentação saudável, contendo carboidrato, proteína e gordura; Possibilitar um plano alimentar individualizado e flexível; Favorecer o crescimento e desenvolvimento; Favorecer a manutenção do peso saudável; Evitar as complicações agudas e crônicas.''

2) ''Por que contar carboidratos?''

''O carboidrato é o principal nutriente que eleva os níveis de glicemia. Aproximadamente 100% do mesmo é convertido em glicose, no prazo de 15 minutos a 2 horas e, colocando-se em foco, poderá auxiliar no controle glicêmico.''

3) ''Quais os alimentos que contém carboidratos?''

''Podem ser encontrados nos pães, biscoitos, cereais, macarrão, arroz, grãos, como também nos vegetais, leite, iogurte, frutas, sucos, açúcar, mel e alimentos que contenham açúcar.''

4)"Quais as quantidades de carboidratos que um indivíduo saudável deve consumir diariamente?''

''O requerimento de carboidratos está relacionado às necessidades calóricas e essas necessidades são baseadas na altura, peso, hábitos alimentares, estilo de vida, atividades físicas e objetivo de tratamento. De acordo com a American Diabetes Association, a porcentagem de carboidratos deve ser individualizada, levando em consideração todos os fatores já citados."

5)"O que é razão insulina:carboidrato?"

"Razão insulina:carboidrato significa o quanto uma unidade de insulina ultrarrápida irá cobrir de carboidrato. A razão insulina:carboidrato, em geral, está relacionada à sensibilidade insulínica da pessoa"

6)"Como definir a razão insulina:carboidratos em adultos?"

"Existem algumas maneiras e as mais utilizadas são:

Regra geral: nesta regra, partimos do princípio onde 1 unidade de insulina ultrarrápida cobre 15 gramas de carboidrato.

De acordo com o peso: de acordo com a tabela relacionada abaixo, definimos um ponto de partida levando em consideração o peso inicial do paciente.

Monitorização: através da observação das glicemias pré e pós prandiais, define-se a razão."

Peso (kg) | Razão

50 - 58 | 1 : 15

59 - 63 | 1 : 14

63 - 68 | 1 : 13

68 - 77 | 1 : 12

82 - 86 | 1 : 10

91 - 100 | 1 : 8

100 - 109 | 1 : 7

7)"Como definir a razão insulina:carboidratos em crianças?"

"Existem algumas maneiras e as mais utilizadas são:

Regra geral: nesta regra, partimos do princípio onde 1 unidade de insulina ultrarrápida cobre 30 gramas de carboidrato.

Regra 500: nesta regra, divide-se 500 pela dose/total de insulina administrada nas 24h.

Ex: total de insulina/dia = 12

500 : 12 = 42, portanto neste caso 1 unidade de insulina ultrarrápida deverá cobrir 42 gramas de carboidrato.

Monitorização: através da observação das glicemias pré e pós prandiais, define-se a razão."

8)"A razão insulina:carboidrato pode ser modificada ao longo do dia?"

"Sim. Geralmente quanto mais sensível à insulina o paciente for, maior a proporção de carboidratos cobertas por uma unidade de insulina. Essa sensibilidade pode ser alterada ao longo do dia, dependendo da resistência à insulina do indivíduo. Pode-se estabelecer uma razão pela manhã e outra à noite, por exemplo. É comum notar-se uma sensibilidade menor no período da manhã e no entardecer, aumentando assim a necessidade de insulina."

9)"Como avaliar se a contagem de carboidratos dos alimentos está sendo realizada corretamente?"

"As glicemias pós prandiais são especialmente importantes na contagem de carboidratos, estando intimamente relacionadas às quantidades de alimento ingeridas, bem como a medicação atuante naquele momento. Outro artifício é sempre anotar o que comeu, calculando as gramas de carboidratos. Nas consultas, profissional e paciente checam a contagem através das anotações. Ainda é válido reforçar a importância de pesar e medir suas porções até que seu olho seja treinado.''

10) '' A prática de atividades físicas deve ser levada em consideração nesse tipo de terapia?''

''Sem dúvida, assim como em qualquer outra estratégia nutricional. A atividade física geralmente diminui os níveis de glicemia. Dependendo do tipo, intensidade e duração da atividade, a atividade física pode abaixar até 36 horas após a atividade física.''

11) ''Como proceder ao ingerir bebidas alcoólicas, estando em contagem de carboidratos?''

''O álcool não requer insulina para o metabolismo. O álcool puro como uísque, gin, run, vodka contém calorias, mas não carboidratos. Como ponto de partida dizemos que uma ou duas doses de bebida alcoólica não necessitam de bolus, mas caso o paciente exceda essas quantidades, tal situação deverá ser avaliada individualmente. Algumas vezes esse carboidrato deverá ser calculado, necessitando de bolus adicional. Assim, para saber como o corpo reage à bebida alcoólica, será importante checar a glicemia antes e duas horas depois de ter ingerido tal bebida.''

Exemplos de bebidas que contém carboidrato: cerveja, vinho, caipirinha, batidas e alguns drinks.

12) ''Muitos pacientes relatam que 4 a 5 horas após consumir churrasco e pizzas, a glicemia fica muito alta. Existe alguma técnica especial para essas situações, estando em contagem de carboidratos?''

''É importante lembrar que aproximadamente 60% da proteína e 10% da gordura são convertidos em glicose, em aproximadamente 3-4 e 5-6 horas, respectivamente.

Algumas dicas para evitar a hiperglicemia por proteína em excesso e gordura:

Aprenda a estimar a conversão de proteína em carboidrato. A cada 1 porção de carne (total de 90g), deve-se considerar 15g de cho.

Explicação: 90g de carne = 25g de proteína, pensando que 60% dessa proteína é convertida em glicose, 25 x 0,6 = 15g cho.

Esta conversão é indicada quando o paciente consumir acima de 1 porção de carne. Pode-se achar necessário em situações de churrascaria e/ou pizzaria treinar a aplicação de insulina ultrarrápida após o término da refeição, retardando assim o pico de ação, coincidindo com o tempo de absorção da proteína e gordura que são mais tardios. Ou ainda dividir dose de insulina ultrarápida naquele momento, aplicando metade da dose antes da refeição e a outra metade após a refeição.

13) ''O que é importante identificar ao ler os rótulos dos alimentos?''

''- Checar o tamanho da porção que está no rótulo, que nem sempre é a porção que será consumida.

- Checar a quantidade de gordura total/porção

- Checar a quantidade de total/porção''

14) ''O que é importante ser registrado em um diário para evolução de terapia?''

''- Data

- Hora

- Glicemias pré e pós prandiais de todas as refeições.

- Anotação do tipo e quantidade de alimento

- Anotação do cálculo de carboidrato (g) do alimento ingerido.

- Anotação do bolus de alimentação

- Anotação do bolus de correção

- Anotação de prática de atividade física

- Anotação de inteccorências (período pré menstrual, stress, gripe, infecção, etc) - Anotação de qualquer situação que saia da rotina''

Dica de aplicativo maravilhoso que faz o trabalho do diário para você: MySugr

15) ''Como interpretar uma hiperglicemia?''

''Pré prandial: talvez haja necessidade de avaliar dose de insulina basal

Pós prandial: identificar se houve falha na contagem dos carboidratos. Se não, identificar se há necessidade em mudar a razão insulina:carboidrato.

Fonte:

Livro ''Contagem de carboidratos e monitorização. 101 respostas''.

Autor: Giseli Rossi Goveia - Luciana P.C. Bruno - Paula Maria de Pascali

Editora: Preventa

Edição 2003

#contagemdecarboidratos #hiperglicemias #hipoglicemia #diabetescontrolado #diabetes #diabetestipo1 #DM1 #controledodiabetes

3,319 visualizações

Bia é Relações Públicas, estuda Biomedicina e convive com diabetes tipo 1 desde os 6 anos. Em 2015, criou o Biabética para incentivar pessoas com diabetes a verem a vida doce de forma mais leve e positiva.

Melhor blogue de diabetes tipo 1 2019
Cópia_de_Purple_Tint_Kids'_Fashion_Advic
WhatsApp Image 2020-02-13 at 16.09.08.jp
winsocial_980x120_v02_bia (1).jpg

Quer receber novidades da Biabética?