O conteúdo deste site não se destina a ser um substituto para aconselhamento médico profissional, diagnóstico ou tratamento.

Nosso conteúdo serve para seu conhecimento e informação. Em caso de dúvida, procure sempre um médico para orientação.
 

  • Facebook
  • Twitter
  • YouTube
  • Pinterest
  • Instagram
f7afb2e656d376975aeaf25bb615335c03531317

Vamos falar sobre cetonas?

Atualizado: 12 de Jun de 2019


Então povo, pouca gente sabe o que é e é por este motivo que estou aqui para te explicar sobre isso. Nosso corpo foi criado para funcionar com insulina entrando nas células. Quando a glicose atinge níveis muito altos, significa que temos insulina insuficiente na corrente sanguínea e precisamos injetar mais para corrigir essa insuficiência. Quando não corrigimos, o organismo tenta resolver a situação sozinho e nesse processo produz as cetonas (um ácido veneno pra gente).

Tenha em mente:

  • Ficar horas ou dias com a glicose alta pode levar ao aumento das cetonas.

  • Cetonas altas não significa Cetoacidose. Cetoacidose é um quadro grave de descontrole da glicose combinado com cetonas altíssimas durante muito tempo.

  • CETOACIDOSE mata! Mais do que você imagina. Então vamos evitá-la né?

  • As cetonas podem surgir mesmo quando a glicemia não esta muito alta. Em caso de infecções internas como gripe, resfriado ou infecção urinaria por exemplo, é bom medir as cetonas de vez em quando para tirar a duvida.

  • O que causa o aumento de cetonas:

  1. Cateter dobrado

  2. Insulina estragada

  3. Dose de insulina insuficiente

  4. Infecções internas (gripe, resfriado, alguma comida que não caiu bem, etc...)

  • Cetonas altas não costuma matar no primeiro dia. Você vai passar muito mal, mas não vai necessariamente cair duro no chão.

  • Existem níveis de cetona que precisam ser monitorados:

0 a 0,5 - ok! Aceitável. Mas liga pro médico pra avisar 0,5 a 1,5 - liga pro médico, mede a glicose e aplica insulina urgente (no caso de bombados, vê a quantidade que a bomba aplicaria e aplica essa quantidade na seringa OU caneta. O cateter pode estar dobrado e correr o risco de não entrar insulina). Acima de 1,5 - liga pro médico e corre pro hospital!!!!

  • Como medir a cetona?


Existem no mercado 2 aparelhos da marca FreeStyle que medem cetonas no sangue: Freestyle Optium Neo e Freestyle Libre.

Não precisa configurar nada. Basta usar uma fita especial roxinha que nem a da foto ao lado (na Farmadia vende!!)

-Pra quem não sabe como medir, fiz um vídeo explicando que você pode assistir AQUI.

  • Sintomas de cetona alta: Sede louquíssima (mais do que de uma hiper normal), enjôo forte (muitas vezes com vômito), enxaqueca, falta de ar e taquicardia.

Ou seja, sensações de que o corpo ta falhando REAL! Já tive esse problemas algumas poucas vezes e confesso: dá vontade de chorar só de lembrar!

Cada pessoa reage aos sintomas de uma forma, mas é sabido que quando se tem hiper atrás de hiper, o corpo meio que acostuma com os sintomas e ai a pessoa não sente muito. O que é ainda mais perigoso pois pode estar com cetona alta e nem sentir (e ai desenvolver o quadro de cetoacidose). Então já sabe... sentiu algum desses sintomas? MEDE A CETONA!!!!

Como a minha glicemia é relativamente controlada, quando a minha cetona sobe por algum motivo (que não é minha culpa), é um inferno verdadeiro pra mim. Se tiverem mais dúvidas, podem perguntar! Terei o prazer em responder :)

#diabetes #diabetestipo1 #cetoacidose

2,596 visualizações

Bia é Relações Públicas, estuda Biomedicina e convive com diabetes tipo 1 desde os 6 anos. Em 2015, criou o Biabética para incentivar pessoas com diabetes a verem a vida doce de forma mais leve e positiva.

Melhor blogue de diabetes tipo 1 2019
Cópia_de_Purple_Tint_Kids'_Fashion_Advic
WhatsApp Image 2020-02-13 at 16.09.08.jp
winsocial_980x120_v02_bia (1).jpg

Quer receber novidades da Biabética?