Diabetes e pele ressecada: qual a relação?



A pele de quem tem diabetes realmente costuma ser mais ressecada e precisa de alguns cuidados especiais, e simples, para garantir que não surja qualquer complicação devido a esse ressecamento, como o pé diabético, por exemplo. A hidratação é o principal cuidado que deve ser tomado. Vamos entender melhor qual é a relação entre diabetes e pele ressecada? Vamos te dar algumas dicas também para cuidar da sua pele 😊


Qual o motivo da pele do diabético ser mais ressecada?

Pessoas com diabetes têm mais tendência a ter a pele ressecada, já que a condição pode causar algumas alterações nos nervos da pele, como nos do sistema nervoso autonômico, que são os controladores da produção de suor e sebo. Além disso, a pele ressecada em diabéticos pode acontecer devido às hiperglicemias e ao fato de urinar com mais frequência para tentar eliminar o excesso de glicose no sangue e, assim, essa perda de líquidos no corpo pode ocasionar a pele ressecada.


Cuidados com a sua pele

É super importante dizer que é necessário que os diabéticos tomem cuidados diários com a pele, com o objetivo de evitar complicações, como rachaduras, pontos de vermelhidão, espessamentos, escamas e escoriações, que podem servir como entrada para fungos e bactérias. O assunto é realmente sério e é possível até mesmo que essas infecções, se não tratadas, cheguem aos ossos. Aprenda abaixo os cuidados que você precisa ter com a sua pele diariamente!


Se hidrate! Beba bastante água

A água é fundamental para evitar a pele ressecada. Como os diabéticos perdem muito liquido, é necessário repor essa água. Se mantenha hidratado na medida certa! Uma boa dica é andar sempre com uma garrafinha de água na bolsa, isso ajuda bastante a você beber água com mais frequência durante o dia.


Não use buchas ou esponjas no banho

O banho é revigorante e essencial para manter a pele limpinha, porém, para que a sua pele não perca a gordura natural que a protege, opte por não tomar banhos muito quentes e não use buchas ou esponjas. Se puder, escolha também sabonetes especiais para pele do diabético, sem sulfatos.


Hidratação é fundamental

Para evitar a pele ressecada, procure mantê-la hidratada. Utilize diariamente um creme hidratante especifico para a pele diabética. Essa hidratação é importante porque cria uma barreira protetora na pele contra microrganismos e evita que ela perca a umidade natural.


Vistorie a sua pele

Na hora de passar o hidratante diário, aproveite também para observar a sua pele. Caso perceba qualquer tipo de lesão ou alteração, não deixe de procurar o seu médico, que poderá te indicar o melhor tratamento. Qualquer alteração tratada no início tem mais chance de ter resultados positivos.


Mantenha hábitos saudáveis

Você pode não saber, mas manter hábitos saudáveis, como pratica de exercícios físicos regulares e uma alimentação balanceada, fazem toda a diferença para a saúde da sua pele, já que ajudam no seu controle glicêmico. Por isso, atenção a sua rotina e aos seus hábitos, eles refletem diretamente na sua saúde como um todo, inclusive na sua pele.

Quando o assunto é saúde, não economize em informação! Clique para aprender sobre o que é Pré Diabetes!

172 visualizações

Bia é empresária, formada em Relações Públicas, estuda Biomedicina e convive com diabetes tipo 1 desde os 6 anos. Em 2015, criou o Biabética para incentivar pessoas com diabetes a verem a vida doce de forma mais leve e positiva.

Melhor blogue de diabetes tipo 1 2019

O conteúdo deste site não se destina a ser um substituto para aconselhamento médico profissional, diagnóstico ou tratamento.

Nosso conteúdo serve para seu conhecimento e informação. Em caso de dúvida, procure sempre um médico para orientação.
 

  • Facebook
  • Twitter
  • YouTube
  • Pinterest
  • Instagram