google.com, pub-9214716039940352, DIRECT, f08c47fec0942fa0

1/4

Sarampo: quem tem diabetes deve se preocupar?



Assim como falar sobre o coronavírus, também é importante falar mais sobre outras doenças extremamente contagiosas, como o sarampo. Para se ter uma ideia melhor, segundo a Organização Mundial da Saúde (OMS), o número global de casos de sarampo teve um aumento de 300% em 2019 se comparado com o ano anterior e em setembro de 2019, a doença teve um surto, com mais de 170.000 casos confirmados em 168 países do continente. É para se preocupar e principalmente se cuidar, né?


Aprenda abaixo o que é o sarampo, como é a sua transmissão, seus sintomas, tratamento, a importância da vacinação e também a relação entre o sarampo e a diabetes.


O que é sarampo?


Sarampo é uma doença infectocontagiosa provocada por um vírus e transmitida por secreções das vias respiratórias, tais como gotículas eliminadas pelo espirro ou pela tosse.

Vale dizer que o período entre o contágio e o aparecimento dos sintomas é de mais ou menos 12 dias, mas é possível que haja transmissão mesmo antes do aparecimento dos sintomas.


Sintomas


Os sintomas do sarampo são: febre acompanhada de tosse, irritação nos olhos, otite, pneumonia, encefalite, nariz escorrendo ou entupido, mal estar intenso, perda de apetite e manchas brancas na parte interna das bochechas. Depois de 3 a 5 dias, é comum surgir outros sintomas, como manchas vermelhas no rosto e atrás das orelhas, e que vão, aos poucos, se espalhando pelo corpo.


Tratando o sarampo


É super importante destacar que não existe um tratamento especifico para sarampo. Geralmente os pacientes são isolados e os sintomas da decorrência do sarampo são tratados, ou seja, o tratamento é sintomático e tem o objetivo de aliviar os sintomas.

É indicado que o paciente faça repouso, ingira bastante liquido, coma alimentos leves, limpe os olhos com água morna, tome anti-térmicos para baixar a febre e também faça um tratamento para o aumento da imunidade.


A maioria das pessoas com sarampo conseguem se recuperar em duas a três semanas, mas o número de mortes ainda é elevado, cerca de 5% a 20%, principalmente devido as complicações causados pela doença, como desidratação e infecções respiratórias.

Também é muito importante dizer que o sarampo pode deixar sequelas, como surdez, cegueira, retardo do crescimento e redução da capacidade mental.


A vacinação é o melhor caminho


Se prevenir contra o sarampo é a melhor maneira de evitá-lo. A vacina é segura, é eficaz em 97% dos casos, e existem diversas campanhas de vacinação em larga escala. Não se descuide do programa de vacinação dos seus filhos, procure saber o estado de saúde das crianças que convivem com os seus filhos e não deixe de procurar atendimento médico caso apareçam manchas avermelhadas, mesmo que você ou o seu filho tenham sido vacinados.


Se você tiver dúvida, não hesite em procurar um centro de vacinação para se informar melhor, ok? O sarampo é realmente uma doença muito contagiosa e precisa de atenção.


Como funciona a vacinação contra sarampo


São aplicadas duas doses de vacina. A primeira a partir do 12º mês de vida da criança e a segunda, entre os 15 a 24 meses.


Caso você tenha tomado somente a primeira dose até os 29 anos de idade, é recomendado completar o esquema vacinal tomando a segunda dose. Já se você não tomou nenhuma dose é indicado tomar as duas doses caso tenha entre 1 a 29 anos e somente uma dose se tiver de 30 a 59 anos.


A vacina contra sarampo não deve ser aplicada em pessoas com suspeita de sarampo, bebês com menos de seis meses de idade, imunodeprimidos e mulheres grávidas.


Sarampo e Diabetes


O sarampo e o diabetes não possuem uma relação em si, porém, o primeiro pode causar complicações no segundo. O que acontece é que o sarampo pode comprometer o sistema imunológico no combate a infecções e, conseqüentemente, atrapalhar no controle glicêmico, já que doenças infecciosas podem vir a causar resistência à insulina e, portanto, hiperglicemias.


A dica de ouro é simples: que tal dar uma olhada na sua carteira de vacinação ainda hoje? Tendo diabetes ou não, a vacina do sarampo é de extrema importância para a sua saúde.

Quer saber como foi a minha viagem para o Congresso de Tecnologias e Tratamentos Avançados em Madrid? Confira aqui nesse link e fique por dentro das novidades envolvendo diabetes!

16 visualizações
blog%20biabetica_edited.jpg

O conteúdo deste site não se destina a ser um substituto para aconselhamento médico profissional, diagnóstico ou tratamento.

Nosso conteúdo serve para seu conhecimento e informação. Em caso de dúvida, procure sempre um médico para orientação.
 

  • Facebook
  • Twitter
  • YouTube
  • Pinterest
  • Instagram